Deus governa tudo de uma forma específica, Ele anda em parceria com o nosso livre arbítrio, proporcionando a nós alcance a todas as coisas de Deus.

Deus governa tudo de uma forma específica, Ele anda em parceria com o nosso livre arbítrio, proporcionando a nós alcance a todas as coisas de Deus.

Quando Deus criou o homem a sua imagem e semelhança, Ele não quis dizer que seremos como Ele, pois sabemos que Deus é único, o que precisamos compreender é que a semelhança está nas atitudes que tomaremos, elas precisam ser semelhantes ao Senhor. Deus quer que façamos as coisas conforme Ele as faz, bondade, piedade, verdadeiras, grandiosas, perfeição em nossas atitudes, engrandecendo o mundo, nunca estando a frente de ninguém, mas sempre em unidade com o todo, onde ninguém é maior do que ninguém, mas sim nos tornamos um elo, de uma corrente que se une a outro elo a deixando sempre mais forte. Deve haver um crescimento igual entre todos.

Então, imagem e semelhança são os 3 níveis do Seu intelecto, parecendo com o Senhor em suas atitudes, usando nosso corpo nossa alma para isto.

O primeiro nível, é o primeiro princípio de Deus, é baseado no profeta Miquéias, onde o texto está simbolizando e segmentando as 13 variações de princípios de piedade de Deus.

“Quem é Deus semelhante a ti, que perdoa a iniqüidade, e que passa por cima da rebelião do restante da sua herança? Ele não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na sua benignidade. Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniqüidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar. Darás a Jacó a fidelidade, e a Abraão a benignidade, que juraste a nossos pais desde os dias antigos.”
Miquéias 7:18-20

As 13 Variações ou Princípios de Piedade de Deus

1- PIEDADE MÁXIMA:

Deus mantém toda vitalidade mesmo sabendo que a pessoa pode errar, mas assim mesmo Ele mante 24h por dia sua vitalidade sobre nós.

Deus sabe o que iremos fazer porque Ele está acima do tempo e espaço, ele está além da compreensão que temos, pois, tempo e espaço é apenas uma criação e Deus está acima disto.  O Livre arbítrio é nosso e não interfere no que Deus sabe sobre nós, ou ao que iremos fazer, ou ao Amor que Ele tem por nós. Deus é bondoso, pois ele já sabia que Caim iria matar Abel, na geração de Noé a grande maioria das pessoas estava em pecado… E assim mesmo ele não nos deixou de dar saúde, vida, ou seja, sua vitalidade está sobre nós, Ele nos trata com Amor.

Isto nos mostra que devemos ser, e ter a mesma harmonia perfeita, ou seja, atitude como Ele. Tudo dentro de uma harmonia de um todo. Cautela em julgar o próximo.

2 – AQUELE QUE CARREGA O PECADO:

Quando uma pessoa comete um pecado é criado um anjo que vai falar de você diante de Deus, no tribunal celestial. Anjo mal, anjo negativo. Deus é piedoso ao ponto de manter o anjo que fala mal de nós e não deixar que este anjo recaia sobre nós, gerando arrependimento, cancelando o anjo mesmo com sofrimento que nos cai aos poucos.

3 – PERDÃO VERDADEIRO:

Quando Deus passa por cima de um pecado nosso Ele não manda um anjo ou enviado, Ele mesmo passa por cima, ou seja, mediante a uma condição de nossos arrependimentos. Quando Ele perdoa, Ele purifica, limpando completamente uma pessoa. Precisamos ser piedosos com aqueles que se arrependem, passando por cima de seus erros e não os lembra mais.

4- DEUS CARREGA O SOFRIMENTO JUNTO COM O PECADOR:

Deus ama Seu povo, carregando junto consigo o sofrimento do homem. Deus sente nosso sentimento, nossa oração, nossas emoções.

5- DEUS NÃO MANTÉM A RAIVA POR MUITO TEMPO:

Deus não guarda a raiva do mundo. Ele cancela sua raiva

Deus segura sua ira e da decretos bons na medida que o povo vai, ao invés de destruí-los eu vou apenas confundir as línguas.

6- DEUS AMA A BONDADE:

Cada vez que o povo faz bondade, Deus cria anjos especiais para ficar lembrando essa bondade no tribunal Celestial para cancelar decretos. Deus quer bondade nossa com outras pessoas.

7- VOLTAR A AMAR COMO ANTES:

Significa que se alguém errar e voltar a se arrepender Deus volta a tratar a pessoa como era antes no princípio. Deus é como um pai e mãe que ama um filho mesmo fazendo algo de errado. Deus criou o mundo para que façamos bondade. (Imagem e Semelhança a Ele) Ele é BONDOSO

8- QUANDO FIZEMOS UM MANDAMENTO POSITIVO DEUS FAZ COM QUE ESSA LUZ CHEGUE À SUA PRESENÇA:

Diante de uma boa ação Deus recompensa na vida eterna, a recompensa é na vida vindoura. A recompensa será na eternidade, pois ela não cabe neste mundo, tamanha é a recompensa.

9- DEUS JOGA OS PECADOS NO FUNDO DO MAR

Quando fizemos teshuvá (arrependimento) Deus joga os pecados no fundo do Mar.

10- A PIEDADE DE DEUS É BASEADA NA VERDADEIRA.

Tipo verdadeira, honestidade. Ter piedade do próximo e fazer de verdade, amar de verdade.

Ex.: Jacó representava bondade, Isaac, Severidade na bondade, Abraão Pura Bondade

11- BONDADE COM AMOR:

Deus faz mais do que se espera d’Ele, está acima da regra que conhecemos. Amor puro, verdadeiro.

12- DA QUAL JUROU A NOSSOS PAIS:

Deus pega dos méritos dos seus ascendentes para abençoar você (pecador). Mesmo que não tenham méritos, ele usa méritos de antepassados para usar da bondade.

13 – COMO NOS DIAS ANTIGOS:

Quando acaba os méritos dos seus antepassados Deus considera o tempo que você foi mais bondoso, melhor época de sua vida, e transborda sua piedade em nós.

No livro do profeta Isaías veremos também que a profecia falando do Salvador, e da mesma forma que vimos o Deus Pai piedoso, veremos o Filho Jesus Cristo de uma mesma forma, piedoso, amoroso e bondoso.

“Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.”
Isaías 53:4-6

Vemos que a profecia é clara, onde atribui nossa salvação através da cruz ou crucificação quando veremos no Novo testamento. Por nossos pecados, pelas nossas transgressões o Senhor Jesus Cristo foi crucificado.

“Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a justiça; por suas feridas vocês foram curados.”
1 Pedro 2:24

Por Joel Engel, pastor, líder do Ministério Engel, em Santa Maria (RS) e fundador do Projeto Daniel, que ajuda crianças órfãs em países da África.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Arrebatadosmag 

 

FONTE: GUIAME, JOEL ENGEL