Avanços do streaming refletem na nova fase da carreira do cantor

“Quero Ser a Voz” é o novo single do cantor, compositor e multi-instrumentista Sérgio SAAS, música que inaugura a era do streaming entre trabalhos inéditos do artista, que até então tinha apenas CDs já lançados distribuídos nas plataformas digitais. A canção chega para quebrar um jejum de 10 anos sem trabalhos solos lançados desde o álbum “Tua Graça me Basta”, de 2008. “Sei que Deus tem um tempo e propósito para todas as coisas e que no momento certo Ele me mostraria quando e como lançar minhas novas músicas”, diz o cantor.

Referência entre as vozes da soul music gospel nacional, SAAS já tem reservadas pelo menos 40 canções que pretende lançar no decorrer de 2018. Não por acaso, 40 canções no ano em que completa 40 anos de vida. “Pensei em algo diferente pra marcar meus 40 anos, poder dividir com o público canções que nunca foram ouvidas é um presente que ofereço à Deus e também aos que vem acompanhado minha jornada”, conta SAAS.

“Quero Ser a Voz” foi escrita em 2013, mas só agora em 2018 ela chega às plataformas para marcar um novo tempo na trajetória do cantor. Com mais de 20 anos de carreira, iniciada no emblemático grupo Black Singers, Sérgio tem ainda planos de um revival com o Raíz Coral para esse ano, momento em que poderão remontar um dos nomes de maior sucesso entre os grupos vocais dos anos 2000. “Vai ser especial reviver esse momento que foi tão marcante na minha vida, estou me articulando para que tudo de fato dê certo. Estou orando por isso e em breve divulgarei mais detalhes”, conta empolgado.

Em meio a convivência e adaptação às novidades do mundo do streaming, ele já percebe nitidamente as transformações que a era da música digital tem proporcionado. “A velocidade com que a música chega ao público e atravessa fronteiras é incomparável. Mas o que percebo é que muitos amigos da área ainda estão um pouco perdidos. Para mim foi fundamental poder contar com o suporte de profissionais especializados nesse universo, como a equipe da Agência Petra, que tem gerenciado minha discografia nas plataformas e no YouTube e também a ONErpm, uma agregadora com estrutura de primeiro mundo, onde o artista pode encontrar toda a estrutura e as informações mais atualizadas desse mercado. Foi a melhor decisão que tomei”, diz SAAS.

As novidades podem ser acompanhadas pelas redes sociais do artista e em todas as plataformas digitais.

 

Por: Viviane Eduardo